terça-feira, 13 de outubro de 2009

homem que adora baton

















4h22m os insetos cantam suas melodias de insetos
e eu não canto nada porque não é hora de nada cantar
Esse outubro corre como todo outubro corre...
eu partido ou integrado por paixões
que acontecem sem mais nem menos,
na distração, sou pego de assalto,
na distração...
se fosse diplomata tal qual foi Vinicius,
não me escapava uma,
poderia viver
na mais bela suite presidencial do Copa Palace
a paixão que bem entendesse

mas não sou diplomata, não possuo diplomas,
cargos e comendas...
meus monumentos são "as pedras pisadas do cais"
e essa brisa marinha do pós meia-noite

meu maior trunfo são meus lábios
de homem que adora baton,
vermelho de preferência,
rosa por vaidade

(edu planchêz)

6 comentários:

sil disse...

A cor do pecado é rouge carmim........

Juliana Porto disse...

Apaixonante, sempre!

Anônimo disse...

muito bom! eu também gosto de tirá-los

glad disse...

muito bom! eu também gosto de tirá-los

Giselle Lobato disse...

Devo me sentir selvagem por não gostar de batom?

Anônimo disse...

deve se sentir um cisne de diamantes

EDU PLANCHÊZ